Abrigo João de Deus

Necessidade de voluntários ativos que realizem o acompanhamento dos abrigados.

A Instituição

Fundado em 22 de setembro de 1981, pelo Padre Xaveriano Francisco Gugliotta, sacerdote italiano que na ocasião servia como pároco da Igreja das Mercês, situada no centro comercial de Belém, local onde havia uma grande concentração de pessoas em situação de rua que buscavam abrigo pela praça e nas portas das lojas e da Igreja. Certo dia após a missa matinal, os padres tomavam o café da manhã quando um destes moradores de rua entrou no refeitório e perguntou, “Padre, cadê o meu lugar?”. Padre Francisco levantou-se e o levou para tomar café ao lado da Igreja, porém aquela frase não saia de sua mente e de seu coração, até em uma missa dominical contou o acontecido aos paroquianos e, logo após a missa, um bom homem ofereceu uma casa para tornar realidade aquele sonho, e no mesmo momento algumas senhoras colocaram-se a disposição para levar em frente o projeto. E assim, após algumas reuniões, nascia o Abrigo João de Deus, que recebeu este nome em homenagem ao Papa João Paulo II e adotou como protetor São João de Deus, que havia vivido este mesmo carisma.

OBJETIVO

Acolhemos pessoas em situação de rua, doentes, sem vínculo familiar lhes dando assistência quanto à saúde física, psicológica e espiritual, se for possível reinserimos essas pessoas no seio familiar ou no mercado de trabalho, mas para boa parte acaba sendo de longa permanência no Abrigo.

VAGAS

  • - 02 para médicos (4x/mês; 4h/visita; manhã/tarde). Avaliar os pacientes/Prescrever medicamentos/Encaminhar os pacientes para tratamento com outros especialista se necessário/Solicitar exames específicos se necessário e tudo o se fizer necessário.
  • - 02 para psicólogos (4x/mês; 2h/visita; manhã/tarde). Ajudar nas queixas associadas aos conflitos internos e pessoais dos doentes/Trabalhar para reanimar a questão moral e social.
  • - 01 para enfermeiro (4x/mês; 2h/visita; manhã/tarde). Coordenar a área de enfermagem/Planejar e supervisionar a assistência prestada por equipes de saúde.
  • - 04 para ténicos de enfermagem (4x/mês; 4h/visita; manhã/tarde). Administra medicações prescrita pelo Médico/Fazer curativos/Verificar sinais vitais/Fazer a evolução dos pacientes/Fazer a ocorrência do plantão e tudo que se fizer necessário
  • de acordo com sua função.
  • - 01 para fisioterapeuta (4x/mês; 2h/visita; manhã/tarde). Massagens e movimentos necessários dependendo de cada caso e o que se fizer necessário.
  • - 01 para terapeuta ocupacional (2x/mês; 2h/visita; manhã/tarde). Criar motivação para oficinas que possam levar ao aprendizado de algum oficio que possa levar a possível volta a sociedade e outros a cargo do profissional.
  • - 02 para assistentes sociais (8x/mês; 4h/visita; manhã/tarde). Fazer a triagem dos doentes antes de dar entrada na Instituição/Providenciar documentação/Fazer visita nas famílias/Criação de pastas individuais.
  • - 02 para secretárias (12x/mês; 4h/visita; manhã/tarde). Atender telefonemas e anotar os recados e as doações./Registrar no livro de registro as visitas dos grupos e colaboradores/Registrar entrada de doações e de onde veio/Arquivar documentos/ Fazer ofícios e outros que mais se fizer necessário.

Contatos

  • Ir. Maria Goreth Soeiro
    (91) 3241-3195

  • Abrigo João de Deus
    (91) 98804-8015

  • Abrigo João de Deus
    (91) 98038-6816

MOTIVOS
  • Idosos
  • Saúde
  • Pessoas em situação de rua
ESPECIALIDADES
Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Psicologia, Secretariado, Terapia Ocupacional, Assistência Social
VOLUNTÁRIOS